Blog Agencia Maranhão - Sua Central de Notícias

Conheça a ‘mulher demônia’: ela pediu a Deus para colocar chifres

Uma mulher identificada como Carol Praddo, de 35 anos, vive há três anos em Praia Grande/SP, com cerca de 60% do corpo tatuado e alterações na língua, olhos, dentes e na testa. Ela é conhecida como ‘a mulher demônia’ e afirma ter orgulho do apelido. As informações são do G1 SP.

Carol trabalha em um estúdio de piercings, tatuagens e outras transformações corporais, o apelido ajuda seus clientes a identificarem ela.

Ela conta que entrou no universo das tatuagens há 11 anos, quando ainda era auxiliar administrativa e conheceu seu atual marido em um estúdio.

Juntos, eles cobriram praticamente todo o corpo com diversas tatuagens ao longo dos anos e o homem, conhecido como ‘Diabão’.

 

 

Por: 180 graus

 
Acompanhe o Blog Agência Maranhão pelo Facebook.
Categoria: Entretenimento

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*