Icrim acusa Grupo Mateus de modificar local de acidente e não colaborar com investigação em São Luís
Blog Agencia Maranhão - Sua Central de Notícias

Icrim acusa Grupo Mateus de modificar local de acidente e não colaborar com investigação em São Luís

O Instituto de Criminalista do Maranhão (Icrim) divulgou, nesta quarta-feira (16), o terceiro laudo pericial sobre o acidente ocorrido em outubro no Supermercado Mateus da Curva do 90, em São Luís.

Como causas do acidente, o Icrim aponta:

1- Transporte inadequado ao qual foi submetida a estrutura, provocando trepidações, esforços diversos e, por conseguinte, gerando folgas ao conjunto;

2 -Deficiência de ancoragem dos chumbadores;

3 – Falta de alinhamento das sapatas promovendo instabilidade ao conjunto.

Além das causas, o laudo traz a informação que partes das estruturas já não se estavam em seu local de origem, dentro do supermercado, e os agentes encontraram essas peças em outra parte da cidade, na Avenida Daniel de La Touche.

Sobre a demora na conclusão deste terceiro laudo, o Icrim apontou falta de colaboração do Grupo Mateus com as investigações.

A queda das prateleiras na noite do dia 2 de outubro deixou oito pessoas feridas e causou a morte da funcionária Elane de Oliveira Rodrigues, de 21 anos. As investigações sobre o  acidente estão sendo realizadas pela Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) e pelo Ministério Público do Maranhão.

Powered by Rock Convert

Com Informações: http://www.netoferreira.com.br

Powered by Rock Convert
 
Acompanhe o Blog Agência Maranhão pelo Facebook.
Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*