O Maranhão é o 2º melhor estado no Brasil em desempenho na Tarifa Social
Blog Agencia Maranhão - Sua Central de Notícias

O Maranhão é o 2º melhor estado no Brasil em desempenho na Tarifa Social

Aconteceu na quinta-feira (25), uma cerimônia promovida pela Equatorial Maranhão, Secretaria do Estado de Desenvolvimento Social – SEDES e Federação dos Municípios do Estado do maranhão – FAMEM sobre os resultados alcançados em 2020 com as ações de busca ativa da Tarifa Social de Energia Elétrica – TSEE para famílias maranhenses de baixa renda.

Durante o evento, que revelou dados muito importantes e positivos para o estado. Participaram da cerimônia, o CEO do Grupo Equatorial, Augusto Miranda; o presidente da Equatorial Maranhão Augusto Dantas; a Gerente de Clientes Especiais no Maranhão, Francila Soares; o Secretário da SEDES, Marcio Honaiser; o presidente da FAMEM, Erlânio Xavier, representado pelo Diretor Executivo Marcelo de Freitas e prefeitos de diversos municípios do Maranhão. Na ocasião, as prefeituras que mais avançaram nos cadastros das famílias nos municípios foram reconhecidas e premiadas.

O Maranhão se destaca hoje como o 2º melhor estado no Brasil em desempenho na Tarifa Social, fruto desta importante parceria. Somente em 2020, mais de 157 mil famílias passaram a receber o benefício e conquistaram descontos significativos na conta de energia elétrica, o que significa um crescimento de 20% em relação à 2019. Esses valores economizados pelos clientes, foram destinados a outras necessidades básicas familiares, latentes durante a pandemia, que provocou um aquecimento na economia do estado, com mais de 300 milhões de reais injetados por meio da Tarifa Social. O consumidor deixou de destinar recurso às contas de energias para comprar alimentos, remédios e suprir outras necessidades básicas da família.

Segundo o Governador do Maranhão, Flávio Dino, esta parceria é muito importante para o estado e, por isso, deve continuar em 2021. “Um dos grandes problemas do Brasil reside nas desigualdades sociais, para combatê-las é imprescindível a ação conjunta visando o desenvolvimento, geração de emprego e investimentos como temos visto aqui no nosso estado, porém, ao mesmo tempo as políticas sociais são essenciais, especialmente no momento de grave crise. A tarifa social de energia garante acesso a um bem e direito fundamental, e na medida que as famílias podem ter a tarifa social de energia, nós temos, inclusive, a possibilidade de acesso a outros diretos como: lazer, direito a uma alimentação saudável, ao conforto nas suas residências. No ponto de vista econômico, para o estado significa também o ingresso de recursos públicos que, chegando às famílias, os lares da população do maranhão garantem que a circulação desse dinheiro, agregue outros benefícios, em outros setores econômicos, por isso a parceria do Governo do Maranhão para implementação da Tarifa Social de energia irá continuar em 2021 para que mais dezenas de milhares de famílias do nosso estado possam ter acessa a essa importante política social”, enfatizou Flávio Dino.

Segundo o Presidente do Grupo Equatorial Augusto Miranda, a parceria é de grande relevância para todos. “Esta parceria da Equatorial com o Governo do Maranhão por meio da SEDES e com FAMEM faz parte do planejamento do Grupo Equatorial, de sempre buscar maneiras de evoluir em melhorias e soluções para os clientes. Estamos felizes com os resultados alcançados com essa parceria e pretendemos avançar ainda mais em 2021”, destacou Augusto Miranda.

De acordo com Augusto Dantas, Presidente da Equatorial Maranhão, “ainda temos mais 251 mil famílias potenciais e ainda 206 mil com cadastros desatualizados. Este ano vamos avançar ainda mais nesses cadastros para que estas famílias recebam seus benefícios. Com a ausência dessas famílias, além de deixarem de pagar menos na conta de energia, mais de 11 milhões de reais deixam de circular na economia do estado”, enfatizou Dantas.

Para o Diretor Executivo da FAMEM, Marcelo de Freitas, “É muito importante os municípios terem recebido esse incentivo e reconhecimento na busca ativa dos cadastros. Vamos juntos, nesta parceria, para que este ano consigamos alcançar ainda mais famílias potenciais e garantir que as famílias que já recebem o benefício, continuem atualizando seu cadastro e não percam seus descontos na conta de energia. Que a parceria FAMEM, Equatorial e SEDES siga forte em 2021”, ressaltou Marcelo.

O Secretario da SEDES, Marcio Honaiser destacou grande satisfação com os resultados. “Estamos muito felizes com os resultados alcançados nessa primeira etapa da campanha Tarifa Social, com mais de 157 mil novas famílias sendo beneficiadas pelo programa em 2020, que durante uma pandemia com crise financeira e sanitária é uma grande vitória, pois sabemos que as desigualdades, nesse momento, se acentuaram e mais pessoas se encontraram em situação de vulnerabilidade, precisando ter acesso a benefícios como esse. Estamos hoje reconhecendo o trabalho dos municípios que mais se destacaram na adesão de novas famílias ao programa. Mas não só deles, como de todos os profissionais do Cadastro Único e da assistência social dos 217 municípios, que estão na ponta, na linha de frente, contribuindo nesse e em outros programas sociais estaduais e federais, que nós gestores dos cadastros capacitamos e monitoramos continuamente. Nesta segunda etapa, a parceria entre o Governo do Estado, através da SEDES, Equatorial Energia, FAMEM e municípios se fortalece, especialmente porque muitas famílias ainda podem aderir à tarifa Social da energia e outras que precisam atualizar seus cadastros para não perderem o benefício. E para chegar nessas pessoas será fundamental o trabalho conjunto de todos nós”, afirmou Honaiser.

A cerimônia reconheceu os municípios que se destacaram em dois rankings

– Maior Evolução em Quantidade de Cadastros (os que mais cadastraram clientes em 2020): São Luís, Imperatriz e São José de Ribamar;

– Maior Evolução em Quantidade de Cadastros (os que mais cresceram em cadastros em 2020): Davinópolis, São Raimundo das Mangabeiras e Sambaíba.

Maior Evolução em Quantidade de Cadastros

Powered by Rock Convert

Maior Evolução em Quantidade de Cadastros

Mesmo já tendo 79% de aderência da TSEE, o Maranhão precisa continuar avançando. Para 2021, estima-se o cadastro de mais de 250 mil novas famílias, e a atualização de 206 mil cadastros de famílias já beneficiárias.

Para a cliente Monique Fernandes, cadastrada na tarifa social, receber um benefício como este é um grande apoio no orçamento familiar. “A tarifa baixa renda é muito boa para quem necessita, como a gente, porque nos ajuda muito. Com esse desconto a gente pode fazer outros tipos de compras para as nossas residências, pode colocar alguma coisa para vender em nossas casas, ou até pagar outras dívidas. Esse benefício é muito importante para todos nós que não temos muitos recursos”, destacou Monique.

Como se cadastrar – Os cadastros devem ser iniciados nos Centros de Referência em Assistência Social – CRAS, onde os potenciais beneficiários devem ser dirigir com documentação pessoal para cadastrar seu NIS. Quem possui o NIS atualizado, já pode se dirigir à segunda etapa do cadastro, buscando um dos canais de atendimento da Equatorial Maranhão para solicitar adesão à Tarifa Social. Para saber se você tem o NIS ou se ele ainda está ativo, ligue para a Central de relacionamento do Secretaria Especial do Desenvolvimento Social: 0800 707 2003.

Os canais de atendimento para cadastro na TSEE, para clientes que já possuem o NIS ativo são: WhatsApp (Assistente Virtual Clara) – (98) 2055-0116; Site: www.equatorialenergia.com.br; Central 116; Postos de Atendimento presencial da Equatorial Maranhão e APP Equatorial. Vale ressaltar que a TSEE é um benefício concedido pelo Governo Federal, desde 2002, às famílias brasileiras de baixa renda, indígenas e quilombolas ou que recebam o Benefício da Prestação Continuada – BPC.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

 

 

 

 

 

Powered by Rock Convert
 
Acompanhe o Blog Agência Maranhão pelo Facebook.
Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*