Agencia Maranhão
Blog Agencia Maranhão - Sua Central de Notícias

Jacaré volta a abocanhar funcionários na UPA de Codó

O pavoroso jacaré voltou a abocanhar funcionários na UPA de Codó. Segundo informações de fontes lá de dentro ao Blog Agência Maranhão, é que o vereador Leonel Filho vem causando um terror na UPA  e sendo o pai dessas demissões de profissionais que não pertencem ao grupo do ex-prefeito Francisco Nagib.

Nesta quinta-feira(6), três Técnicas em Enfermagem foram demitidas a mandado do vereador e do ex-prefeito.

E o jacaré vai continuar atacando esses próximos dias…..

Publicidade

 

Investimentos da Equatorial Maranhão ampliam fornecimento de energia na região dos cocais

Obras em Caxias, Timon, Buriti e Brejo darão suporte ao crescimento da demanda por energia elétrica na região

Para garantir a continuidade e melhoria do sistema elétrico da região leste do estado, a Equatorial Maranhão vem investindo em obras que beneficiarão mais de 180 mil clientes. Com investimento de mais de 12 milhões, o conjunto de obras reforça o compromisso da Companhia em contribuir com o desenvolvimento do Estado.

A entrega dessas obras concentra os esforços em atender a expansão da demanda de energia elétrica no leste maranhense, região dos cocais. “O plano de obras foi o resultado da necessidade de melhoria contínua da qualidade e continuidade no fornecimento de energia, bem como suporte ao crescimento da demanda por energia elétrica na região”, ressalta o Executivo de Manutenção da Equatorial Maranhão, Celiomar Alencar Júnior.

Timon, o quarto município em população do estado, recebeu melhorias na subestação, o que aumentou em 77% a oferta de energia elétrica para a cidade, melhorando a distribuição da energia para a população. “A ampliação dessa subestação aumentou a capacidade para atender clientes De Timon e Matões”, destaca Celiomar.

Já em Caxias, algumas melhorias na qualidade e continuidade da energia também estão previstas para acontecer. Como boa parte da economia da cidade é voltada para o seguimento do comércio, as melhorias na energia irão gerar desenvolvimento para a cidade, que de acordo com os últimos dados apresentados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostraram que o comércio caxiense contribui com mais de 45% do total da economia da cidade.

Para a comerciária de Caxias, Keliane Silva, o acesso a essa energia de qualidade é fundamental para o crescimento do negócio e da cidade. “Como lojista é importante esse acesso a uma energia de excelência, já que dependo diariamente para o nosso sistema de gerenciamento de vendas, controle de estoque e internet para vendas online e no cartão de crédito. Além disso, a energia proporciona uma iluminação adequada na loja, o uso do ar condicionado e sistema de segurança; tudo para levarmos conforto e segurança para nossos clientes. Uma energia de qualidade favorece o crescimento do pequeno negócio, da nossa cidade e consequentemente da economia local”, afirma a empresária.

Além de Caxias, municípios próximos como Aldeias Altas, Codó, Matões, Parnarama e São João do Sóter também serão beneficiados com as obras da região

Já o município Buriti ganhou uma nova subestação para contribuir com a continuidade da energia fornecida. Com investimento de mais de 2 milhões, 12.294 clientes foram beneficiados. Essa obra leva também uma energia de qualidade para os municípios de Buriti de Inácia Vaz, Coelho Neto, Afonso Cunha e Duque Bacelar.

Continuando com os investimentos a todo vapor, as obras da subestação de Palestina trarão melhorias para mais de 31 mil clientes das cidades do Brejo, Santa Quitéria, Milagres do Maranhão, São Bernardo e Santana do Maranhão. “Com o reforço ao sistema, busca-se a melhoria dos níveis de tensão entregues aos clientes na região. Trata-se da primeira etapa de uma obra que garantirá solução estrutural e atendimento a novos mercados em longo prazo para o sistema elétrico”, pontua Celiomar.

Todos esses investimentos são fruto do compromisso da Equatorial Maranhão em fornecer uma energia limpa e de qualidade, serviço essencial à dignidade e desenvolvimento da população

Soldado que matou ex-mulher é expulso da Polícia Militar do Maranhão

Carlos Eduardo Pereira não é mais soldado da Polícia Militar do Maranhão.

Acusado do assassinato a ex-mulher, Bruna Lícia Fonseca Pereira, 23, e do suposto namorado dela, José William dos Santos Silva, 24, na Vicente Fialho, em janeiro de 2020, o soldado teve sua expulsão confirmada no Diário Oficial do Estado.

Bruna Lícia Pereira e José Willian dos Santos foram assassinados no quarto do apartamento onde ela viveu com o, agora, ex-PM .

Com informações de Gilberto Léda

Pires cobra transparência sobre auxílio emergencial da Cultura

A falta de transparência na aplicação dos recursos públicos por parte do governo Flávio Dino foi novamente criticada na sessão desta quarta-feira (05) pelo deputado César Pires. Em plenário, ele relatou que secretários estaduais têm dificultado a fiscalização do Legislativo ao sonegar informações solicitadas pelos deputados da oposição.

Um dos casos citados por César Pires foi a solicitação de informações por ele encaminhada ao secretário estadual de Cultura, Anderson Flávio Lindoso Santana, sobre o pagamento de auxílio emergencial a profissionais da área da cultura. “Ele enviou uma relação precária e com pouca transparência, de “trabalhadores da cultura aptos”, mas não afirma se eles receberam o auxílio. Ou seja, estão aptos, mas talvez não tenham recebido. É uma lista com 1.750 pessoas da grande ilha que, segundo ele, receberiam R$ 600,00 cada uma. Mas não informa o CPF delas, o que nos impede de saber se realmente são pessoas vinculadas à cultura”, ressaltou César Pires.

Em novo ofício, o deputado requereu que o secretário informe o CPF e o tipo de atividade cultural de cada uma das pessoas relacionadas como aptas a receberem o auxílio emergencial, para de fato garantir transparência e que os recursos sejam devidamente aplicados. “Pelo CPF, nós, a sociedade e os organismos de fiscalização podemos comprovar se o auxílio emergencial foi pago devidamente. Como é que eu vou identificar quem são essas pessoas e que atividades exercem?”, questionou César Pires.

Ele finalizou afirmando que a falta de transparência é própria do governo Flávio Dino, e lamentou que os cerca de R$ 1 milhão supostamente pagos aos 1.750 profissionais da área da cultura, em cotas únicas individuais de R$ 600,00, seja muito inferior aos valores gastos pelo governo Flávio Dino para fazer propaganda do auxílio emergencial.

“Eu tenho certeza que o que gastou na propaganda no horário nobre para dizer que está dando auxílio emergencial para a área da cultura foi maior do que o que supostamente teria concedido a esses profissionais, listados como aptos a receber e não como efetivamente pagos”, concluiu César Pires.

Prefeitura de Peritoró/MA vai gastar R$ 1 milhão em peças para carros

Prefeitura de Peritoró/MA vai gastar R$ 1 milhão em peças para carros

A Prefeitura de Peritoró do Maranhão vai gastar cifras milionárias com a aquisição de peças de reposição para os veículos da frota municipal em 2021. E como sempre, as empresas são de pessoas camaradas, do pessoalzinho de Codó de onde o prefeito do município de Peritoró deve até as calças.

Prefeitura de Peritoró/MA vai gastar R$ 1 milhão em peças para carros
Prefeitura de Peritoró/MA vai gastar R$ 1 milhão em peças para carros

 

 

As empresas responsáveis pelo fornecimento dos produtos é a J. L. A DO NASCIMENTO & CIA LTDA/Codó, F. C. L. LIMA/Codó e VALDENIR ALVES MOURA EIRELI/Teresina.

 

 

 

O valor contratual foi orçado em R$: R$ 1.000.000,00 (HUM MILHÃO DE REAIS)

O contrato tem vigência até 31 de dezembro de 2021 e foi firmado em 6 de abril desse mesmo ano.

URGENTE! PF deflagra operação em cidades no interior do Maranhão

Agentes federais na porta da Prefeitura de Brejo (MA)

Agentes federais na porta da Prefeitura de Brejo (MA)

Nesta manhã, dia 5, a Polícia Federal com o apoio da Controladoria-Geral da União deflagrou nos municípios de Brejo (MA), Santa Quitéria (MA) e Tutóia (MA).

A Operação Desatino teve a finalidade de desarticular grupo criminoso estruturado para promover fraudes licitatórias e irregularidades contratuais no âmbito do município de Brejo, envolvendo recursos públicos federais que seriam utilizados no combate à pandemia da COVID-19.

Foram encaminhadas à PF informações de que a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde de Brejo, teria contratado determinada empresa para prestar serviços médicos especializados no atendimento as necessidades do município pelo valor de R$ 5.770.000,00 (cinco milhões, setecentos e setenta mil reais).

Federais na porta da Secretaria de Saúde de Brejo (MA)

Federais na porta da Secretaria de Saúde de Brejo (MA)

A empresa que se sagrou vencedora do certame pertence à médico que foi lotado até fevereiro/2020 no gabinete do prefeito. Além disso, a empresa seria aparentemente de fachada, sem estrutura operacional para prestar os serviços contratados.

Após assinatura do contrato, a empresa subcontratou totalmente o objeto do contrato a outra empresa, de propriedade da própria secretária municipal de saúde, para prestar os serviços ao município.

A empresa subcontratada aparentemente também não teria qualquer estrutura operacional para prestar os serviços, tendo como endereço a residência da secretária de saúde.

Operação Desatino em Brejo do Maranhão

Operação Desatino em Brejo do Maranhão

Foram identificados graves indícios de fraude ao Pregão Eletrônico que subsidiou o contrato e, que os serviços foram pagos de forma irregular, já que tanto os sócios-proprietários da empresa vencedora do certame, quanto os da empresa subcontratada tinham vínculo profissional como médicos funcionários do município de Brejo/MA.

Também foi constatado que nenhuma das empresas tem capacidade operacional para prestação do serviço, o que reforça os indícios de que não foram efetivamente prestados.

A Polícia Federal cumpriu 7 mandados de busca e apreensão e 1 mandado de suspensão do exercício de função pública expedidas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que decorreram de representação elaborada pela PF.

Ao todo 30 (trinta) policiais federais participam das diligências.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por fraude à licitação (Art. 90, da Lei 8.666/93), peculato (Art. 312, Código Penal) e associação criminosa (Art. 288, Código Penal), com penas que somadas podem chegar a 19 anos de prisão.

A denominação “DESATINO” faz referência a falta de bom senso dos gestores de recursos públicos da cidade de Brejo/MA – que em plena pandemia da COVID-19 – realizaram contratação fraudulenta com o objetivo de desviar recursos públicos, em detrimento da saúde da população.

Com informações do Luis Pablo

TRISTEZA: Aos 42 anos, morre o ator e humorista Paulo Gustavo, vítima da covid-19

Paulo Gustavo estava internado desde 13 de março e teve complicações causadas pela doença que já matou 411 mil pessoas no Brasil

(crédito: Reprodução/Instagram)

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu nesta terça-feira (4/5), às 21h12, vítima da covid-19. Segundo boletim médico, “em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento”. 

“A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos”, diz a nota. Mais cedo, um boletim médico informou que o quadro de saúde do ator era irreversível, mas que continuava com sinais vitais presentes. 

Paulo Gustavo estava internado em decorrência da covid-19 desde o dia 13 de março, e chegou a apresentar melhora no decorrer do período. Na tarde do último domingo (2/5), a equipe que acompanha Paulo Gustavo diminuiu o nível de sedação do ator, o que permitiu que Paulo acordasse e interagisse com o marido dele, o dermatologista Thales Bretas, e com médicos. No entanto, o caso do ator regrediu na noite deste mesmo dia quando “houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais” após uma embolia gasosa disseminada causada por uma fístula bronquíolo-venosa.

Na nota médica de domingo, os profissionais que acompanham o ator explicaram que essa embolia gasosa foi identificada inclusive no sistema nervoso central. Um dos exemplos de sequelas que podem ser causadas por uma embolia gasosa no cérebro é um acidente vascular cerebral (AVC).

Confira a íntegra do boletim médico:

“Às 21:12h desta terça-feira, 04/05, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da COVID-19 e suas complicações.

Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento.

A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos.”

Com Informações: https://www.correiobraziliense.com.br