Blog Agencia Maranhão - Sua Central de Notícias

Bolsonaro vai inaugurar 33 obras no 2°semestre: ‘inacabadas há 10, 20, 30, 40 anos’

O jornal Folha de S. Paulo fez um levantamento sobre o cronograma de inaugurações das 33 obras de infraestrutura que o presidente Jair Bolsonaro vai inaugurar. Segundo levantamento do jornal, das 33 obras que o governo promete inaugurar no segundo semestre, 25 foram planejadas pelos petistas, 2 começaram a ser executadas no governo Michel Temer (MDB) e 6 saíram do papel da gestão Bolsonaro. O chefe do executivo comentou a reportagem nas redes sociais: “obras inacabadas há 10, 20, 30, 40 anos”. 
Bolsonaro compartilhou um vídeo do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, em que fala sobre as críticas que recebe ao concluir obras de outro governo. “Que bom, estrutura é uma questão de Estado”.
“O nosso governo, antes de obras novas, queremos concluir obras inacabadas há 10, 20, 30, 40 anos”, escreveu Bolsonaro em rede social.
Fonte: Folha de São Paulo

Em Codó, Herdon Borges visita e é convidado a participar de almoço de aniversário de lideranças no Povoado Flexeira

O jovem, Herdon Borges, continua realizando suas visitas, conversando, ouvindo e recebendo apoios importantes de lideranças em comunidades na zona rural de Codó.

Neste domingo(30), Herdon visitou e teve uma aproveitosa reunião com moradores do Povoado Flexeira e foi muito bem recebido, e na ocasião foi convidado por lideranças para participar de um especial almoço em comemoração dos aniversariantes, Róger, Marcelino e Luís Antônio.

Herdon, é atleta do Jiu-Jitsu, e já levou o nome de Codó pelo Brasil todo disputando competições e conseguiu vários títulos.

 

VIRALIZOU NO MUNDO: Criança de 3 anos é levada por pipa durante festival em Taiwan

Menina ficou com o pescoço preso em cauda de pipa e voou durante 30 segundos, até a plateia do evento conseguir resgatá-la. Ela está bem

Uma criança de 3 anos ficou presa em uma pipa durante o Festival Internacional de Pipas de Hsinchu, em Taiwan, neste domingo (30) e voou por cerca de 30 segundos antes de conseguir ser resgatada.

Vídeos mostram a menina presa da cauda da pipa pelo pescoço e voando descontroladamente até que conseguiu abaixar o suficiente para o público puxá-la até o chão.

Organizadores do evento e a mãe da criança a levaram ao hospital, onde ela tratou ferimentos no rosto e no pescoço. Ela está bem e os machucados não foram graves.

Depois do incidente, os organizadores suspenderam o festival por conta dos ventos intensos na cidade.

Assista:

Por: noticias.r7

17°BPM mantém Planejamento Operacional e tem mais um final de semana com policiamento na Zona Urbana e Rural de Codó

No período de 28 a 30/08, de sexta-feira a domingo, o polociais do 17º BPM continuam realizando o policiamento na Zona Urbana e Rural com sob a Supervisão direta do Tenente Lucas. Neste final de semana o policiamento na zona rural de Codó, foram novamente nos povoados Tabocal, Lagoinha, Centro dos Britos, Lagoa dos Sales, Canto do Coxo e Km 17.
A operação além de policiamento rural alcançou também a zona urbana como abordagens na Rua São Luís, Residencial Santa Rita, Entrada da cidade, Rua Afonso Pena, 28 de Julho, tendo início às 04:00 do dia 28 (sexta), e se estendeu até às 00:00 do dia 30 (domingo).

*17ºBPM – SUA SEGURANÇA É A NOSSA MISSÃO!*

Contra aglomerações, TSE amplia horário de votação em uma hora

 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, decidiu na noite desta quinta-feira (27) ampliar o horário de votação nas Eleições Municipais de 2020 em uma hora por conta da pandemia da Covid-19. A intenção é garantir mais tempo para que eleitores votem com segurança e tentar reduzir as possibilidades de aglomeração nos locais de votação.
Com isso, os quase 148 milhões de eleitores aptos a participar do pleito irão às urnas de 7h as 17h (considerando o horário local) no primeiro turno, marcado para 15 de novembro, e, onde for necessário, no segundo turno, marcado para 29 de novembro.
O horário foi definido após análise de estatísticos do tribunal e avaliação de uma consultoria técnica, formada por especialistas do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), Insper, Fiocruz e Universidade de São Paulo (USP).
O TSE também definiu, por orientação da consultoria sanitária formada pela Fiocruz, Hospital Sírio Libanês e Hospital Albert Einstein, que haverá horário de votação preferencial de 7h as 10h para pessoas acima de 60 anos, que fazem parte do grupo de risco para o coronavírus.
O ministro Barroso afirmou que a antecipação do início da votação para 7h – em lugar da extensão para 18 h — atende pleito dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). “Após ouvirmos os presidentes de Tribunais Regionais Eleitorais e os respectivos diretores-gerais, ficou decidido, por unanimidade, que este horário será de 7 horas da manhã às 17 horas. Não foi possível estender para mais tarde do que isso porque, em muitas partes do Brasil, depois dessa hora, há dificuldade de transporte e há problemas de violência.”
Barroso lembrou ainda que o TSE adotará “todas as medidas possíveis e razoáveis” para garantir a segurança dos eleitores e mesários no dia da votação. Ele lembrou que um grupo de empresas e de entidades de classe doará equipamentos de proteção individual, como máscaras, protetores faciais (face shiels) e álcool em gel e spray para quem trabalhar na eleição, além de álcool em gel para que eleitores higienizem as mâos nas seções de todo o país.
Barroso ressaltou que, apesar do momento delicado para a saúde pública do país, os eleitores podem e devem exercer o direito do voto – com todos os cuidados necessários -, uma vez que esse é o instrumento pelo qual os cidadãos definem os rumos do país.
“Nós estamos fazendo todo o possível para conciliar, na maior medida, a saúde pública da população com as demandas da democracia. É votando nas eleições municipais que você define o destino da sua cidade e, em última análise, os rumos do Brasil. Vote consciente”, afirmou o presidente do TSE.

Tragédia: Homem mata ex-mulher e ex-cunhada em Imperatriz

Um homem identificado como Alan Patrick matou a tirou a ex-mulher e ex-cunhada na tarde de domingo (30) em Imperatriz.
Segundo informações policiais, o assassino não estaria conformado com a separação.
Alan chegou de surpresa na residência da ex-mulher e as irmãs não tiveram tempo de fugir. Dayane da Mota Bandeira Oliveira e a irmã Gleyciane da Mota Bandeira foram assassinadas dentro da residência na Rua H, no bairro Novo Horizonte, na cidade de Imperatriz.
Após matar as irmãs, Patrick recorreu ao suicídio, disparando um tiro contra a própria cabeça. Gleyciane Bandeira já contava com uma medida protetiva, concedida pela Justiça, porque o ex-marido vinha fazendo ameaças de morte
A Polícia Civil esteve no local e acionou o Instituto Médico Legal (IML) para remover os corpos de dentro da casa de alto padrão, onde as vítimas moravam.

 

Início ruim expõe limitações do Sampaio na Série B

A missão de Léo Condé não é nada fácil. Com quatro jogos e quatro derrotas no Campeonato Brasileiro Série B, mesmo a equipe tendo mostrado alguma qualidade, nós sabemos que quando os resultados não acontecem sempre sobra para alguém e esse alguém é sempre o treinador.

No futebol brasileiro, o dirigente sempre busca um bode expiatório para se livrar das críticas e assumir o fracasso da equipe quando os resultados não aparecem, principalmente em equipes que não carregam a confiança do seu torcedor como é o caso do Sampaio neste momento.

Para agravar a situação, a pandemia do coronavírus afeta diretamente este início de Série B do Sampaio, pois o treinador nunca tem à sua disposição aqueles jogadores que gostaria, mas isso em hipótese alguma o deixa imune às críticas.

Já disse aqui e vou repetir que o Sampaio tem um time tecnicamente limitado e em quantidade limitada também. O time de Léo Condé é montado dentro de um orçamento que é possível no clube, por isso o Sampaio é um time comum. Os jogadores que estão vindo são aqueles que aceitam as condições e o salário do clube e não aqueles que os torcedores gostariam que estivessem aqui.

Tudo isso atrapalha o Sampaio neste momento e se as derrotas continuarem na sequência não tenho a menor duvida que a situação fugirá do controle e vai acabar sobrando para o treinador.

Eu entendo que houve erros da arbitragem contra a Ponte Preta, mas também a equipe segue errando demais na defesa e no ataque e que as derrotas são frutos desses erros. Fica evidente que os erros se repetem jogo a jogo e neste caso a culpa é sim do comando técnico e dos próprios atletas que certamente começarão a ser cobrados mais de agora em diante.

Esse é o dilema de Léo Condé. Ou ele arruma tudo isso logo ou essa história a gente já sabe como vai acabar.

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

Vídeo: Conheça “Maguinho do Forró” o garoto codoense

Já ouviu falar naquele velho ditado popular, “Filho de peixe peixinho é” ? pois é , o garoto codoense de apenas 8 anos de idade, de nome Ruan, mas conhecido mais como “Maguinho do Forró”, ousa e mostra que já é um forrozeiro de carteirinha ao cortar o forró como se fosse um adulto.

Mas o que todos ainda não sabem, é que o garoto é filho do forrozeiro e cantor codoense, Adilson Morais.  Veja a ousadia do garoto.

Maranhão vai pagar R$ 671 mil por assinaturas de revista que faz “campanha” para Flávio Dino

Flávio Dino, governador do Maranhão na capa da revista Carta Capital

A revista Carta Capital será distribuída na rede estadual de ensino entre estudantes de escolas públicas do Maranhão. É o que prevê o contrato 32/2020 feito entre a SEDUC (Secretaria de Estado da Educação do Maranhão) e Editora Confiança Ltda.

O contrato feito com dispensa de licitação, através de contratação direta, tem o valor total estimado em R$ 671.984,40, cada assinatura custará o valor mensal de R$ 456,45. Ao todo, serão 1.472 assinaturas. Assinado no último dia 24 de agosto, o contrato prevê que as revistas serão entregues de forma semanal, em endereços pré-agendados com a SEDUC.

A revista Carta Capital já fez mais de 50 matérias direcionadas ao governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), inclusive já foi capa da referida revista, elevando a sua imagem para fora do Maranhão. Flávio Dino tem a pretensão de ser candidato a Presidente do Brasil em 2022.

O contrato deste valor, sem licitação, é no mínimo estranho, já que Flávio Dino preza pela moralidade dos gastos públicos, apontando fatos do governo Bolsonaro.

DENÚNCIA: Hospital de Codó não tem testes para o Covid-19, e nem está realizando exames de raio-x

A redação do Blog Agência Maranhão, recebeu uma denúncia que o município de Codó não está tendo mais testes do Covid-19.

A denúncia foi feita por uma codoense que se sentiu com os sintomas e foi até o Hospital Geral Municipal(HGM) mas chegando lá foi informada por funcionários que não tem mais testes de Covid-19, quem quiser fazer tem que pagar uma clinica particular.

Outra denúncia também que foi feita por um outro denunciante, é que nem o HGM e nem a UPA não está fazendo exame de raio-x, segundo a denúncia, a máquina tanto do HGM como também da UPA se encontram quebradas.

A PERGUNTA QUE FICA NO AR

A pergunta que fica no ar é, pra onde foi tantos milhões que já chegaram pra saúde pública de Codó?

Essa pergunta, somente o Governo Mais Avanço, Mais Conquistas, poderá responder…