Blog Agencia Maranhão - Sua Central de Notícias

Dr. Zé Francisco terá maior tempo no Rádio e na TV em Codó

O Tribunal Superior Eleitoral divulgou nesta sexta-feira (25), a tabela de representatividade dos partidos políticos na Câmara dos Deputados para fins da distribuição do tempo da propaganda eleitoral gratuita na rádio e na televisão nas Eleições 2020 (Da Redação Repasse Informativo)

Por agregar os maiores partidos políticos do município a Coligação do candidato a prefeito de Codó Dr. José Francisco terá um tempo maior que as concorrentes no horário político gratuito no Rádio e TV.

O TSE divulgou nesta sexta-feira (25), a tabela proporcional com as projeções.  A distribuição do tempo da propaganda eleitoral gratuita na rádio e na televisão para as Eleições 2020 que observará o disposto no Anexo.Art. 3º. A propaganda gratuita no Rádio e na TV terão início no dia 9 de outubro.

Veja tudo no link abaixo:

EH-24.9-2 (1)

Propaganda Eleitoral na internet: O que pode e o que não pode ser feito?

Em 2020, a legislação desse tipo de propaganda sofreu uma alteração quanto a disseminação de fake news

 

Desde 2018 a propaganda eleitoral ganhou uma nova configuração com a presença marcante das redes sociais e aplicativos.  Em 2020, a legislação desse tipo de propaganda sofreu uma alteração quanto a  disseminação de fake news.

O documento da Secretaria de  Saúde do estado do Maranhão, que regulamenta as medidas sanitárias nas eleições municipais deste ano, orienta que os candidatos optem pelo uso de material digital para divulgação de propostas. A medida visa reduzir os riscos de contágio de covid-19.

Diante disso, observe o que cada candidato pode e não pode fazer durante a campanha eleitoral nas redes sociais, sites e aplicativos:

As páginas na internet e contas oficiais de candidatos nas redes sociais devem ser informadas no ato do registro da candidatura junto à Justiça Eleitoral. As páginas de apoiadores não precisam ser registradas, mas o autor das publicações deve ser identificável e não poderá divulgar ofensas ou difamações sobre outro candidatos.

 propaganda eleitoral paga na internet não é permitida. O que pode ocorrer é o impulsionamento de conteúdo.

Lembrando  que o impulsionamento de conteúdo só pode ser feito através da conta oficial do candidato, partido ou coligação. Esse tipo de serviço não poderá ser realizado por nenhuma empresa ou agência terceirizada, o trabalho deve ser contratado pelo próprio ou o partido diretamente com a empresa, tais como Google e Facebook. 

O candidato pode impulsionar de forma paga em buscadores, como o Google, seu nome ou um projeto que defendeu e ganhou relevância na mídia.  Outro detalhe importante: a empresa deverá ter foro no País, seja por sua sede ou filial.

Envio de mensagens por WhatssApp

O envio de propagandas por aplicativos de mensagem como Whatsapp, Telegram e SMS são permitidos. Porém, só poderá ser usada a lista de contatos e cadastros do próprio candidato ou do partido, sendo ele mesmo o responsável por  enviar a mensagem. Empresas, órgãos públicos ou ONGs não podem disponibilizar ou vender dados pessoais e contatos de clientes. 

Além disso, é obrigatório que o eleitor tenha fácil acesso a opção de descadastramento e caso a solicitação seja feita, o candidato ou partido tem o prazo de 48h para retirar o contato da lista. Qualquer mensagem enviada após esse período é sujeita a multa de R$ 100. Essa regra também vale para qualquer meio de mensagem eletrônico, como e-mail.

O disparo de informação em massa com uso de robôs é proibido. O envio de propaganda eleitoral por mensagem instantânea só é permitido através do uso de listas de transmissão para envio manual.

Anonimato e ataques a adversários

A lei eleitoral não permite que a propaganda de campanha seja feita de forma anônima, inclusive na internet. Caso seja distribuída uma propaganda eleitoral na rede atribuída falsamente a outra pessoa, inclusive a um candidato ou partido, poderá ser punida com multa de R$ 5 mil a R$ 30 mil.

Outra situação que é considerada crime eleitoral é o chamado marketing negativo de guerrilha. Trata-se de uma estratégia de uso de milícias digitais contra um adversário. Nesse caso, tanto o contratante quanto o contratado respondem pelo crime, que tem pena de dois a quatro anos de prisão no caso de condenação.

Quando começa a propaganda eleitoral em 2020?

Por enquanto, pela legislação eleitoral, está em vigor o período de pré-campanha. O início oficial do período de campanha eleitoral em 2020 será apenas em 27 de setembro.

do O Imparcial

CODÓ EM FOCO: Não colou…

O começo

Nessa terça-feira dia 22/09, o grupo comandado pelos detentores do poder, em Codó agiram de forma sorrateira e ardilosa, tentando assim imbuir na cabeça das pessoas a dúvida em relação à campanha vitoriosa de Dr. Zé Francisco a prefeito. Esses atos capciosos, demonstraram a preocupação e medo do grupo governante, que se utilizando de ações ilegais tentam denegrir a imagem de seu concorrente o médico e pré-candidato, José Francisco.

Jogo Baixo

A quem diga, que na politica vale tudo. Será? Pelo visto, o jogo não colou e o povo percebeu o desespero dos comandantes e comandado, ele o (fantoche), que se submete ao papel ridículo de aceitar essa jogatina. No qual seu grupo desesperadamente, jogou na mídia uma suposta inexigibilidade do lider nas pesquisas, o pre-candidato José Francisco.

Sem rumo

Atordoados, esqueceram da competente e ágil assessoria jurídica da coligação, que tem Dr. Wagner Ribeiro como um dos grandes nomes da seara jurídica, que desqualificou a suposta Fake News, que propagada na mídia.

A defesa pontual

Baseado em dados técnicos e jurídicos os advogados da assessoria do pré-candidato e líder nas pesquisas, Dr. José Francisco, agiu rápido e de maneira eficaz, desmontando qualquer atos indignos e ilegais, através de falsas notícias jogadas na mídia.

A calma de um líder!

O pré-candidato e líder em todas as pesquisa, mesmo com a substituição dos nomes. O médico surpreendeu até seus aliados, com muita calma e equilíbrio, agindo eticamente, e propagando a paz e o jogo limpo, para que no momento oportuno o povo possa decidir o melhor, sem jogo baixo ou mentiras.

Com informações do Repasse Informativo

Dr. Mário Braga confirma categoricamente que Dr. Zé Francisco é candidato a prefeito de Codó, sem restrições

Um dos fortes aliados de Dr. José Francisco, o neurocirurgião, Dr. Mário Braga, ressaltou que o atual prefeito de Codó, Zito e seus asseclas estão desesperados pois sabem que irão amargar uma tremenda derrota nas urnas para o nosso grupo cujo candidato é nosso querido e amigo do povo que é o Dr. Zé Francisco juntamente com Camilo Figueiredo.

 O grupo do mal do outro lado querem permanecer no poder para escravizar e humilhar o povo de nossa cidade como fizeram praticamente em 12 anos. Mas a hora da libertação está por vir. 55 neles, disse Mário Braga em conversa com a redação do Blog Agência Maranhão.

Dr. José Francisco, elegível pela justiça e Francisco Nagib, inelegível pelo povo em Codó

Com a aproximação das eleições municipais 2020, a guerra já começou em Codó, candidatos e políticos já estão a todo vapor organizando seus tabuleiros para partir pro jogo.

REJEIÇÃO ENTERROU A CARREIRA POLÍTICA DE NAGIB

Todos nós sabemos, o que deixa a imagem de um político mais deformada e acabada, é a rejeição, quem tiver rejeição dificilmente consegue alguma coisa dentro da política, uma vez que quando se tem uma oportunidade de fazer diferente mas não faz, é o que aconteceu com o atual prefeito de Codó, Francisco Nagib, que entrou pra fazer a diferença, mas foi um fracasso.

AS PROMESSAS NÃO SAÍRAM DO PAPEL E A CARREIRA POLÍTICA  DE NAGIB AFUNDOU

Com promessas de fazer o município de Codó uma cidade modelo, e mudar o caos principalmente nas áreas da saúde e educação, tendo até como marca, “Mais Avanço, Mais Conquistas”, Nagib ainda sonhava mais alto, visando ser um futuro deputado federal e decolar na carreira política, o que se tornou agora quase impossível.

Dr. José Francisco liberado pela justiça e Nagib inelegível pelo POVO, o que restou mesmo foi somente apelar para o ex-prefeito, Zito Rolim.

Publicidade

Conheça o comediante codoense que está fazendo sucesso nas redes sociais, “Fabinho Zueira”.

 

Dr. José Francisco desmente e repudia fake news divulgado por blogs do atual grupo em Codó

O desespero tomou de conta do atual grupo em Codó, que querem a força deixar Dr. José Francisco inelegível, uma vez que o médico vem ganhando importantes adesões nos quatro cantos da cidade e é o favorito pra ganhar as eleições municipais 2020.

O DESESPERO TOMOU DE CONTA

Blogs e mídias do atual prefeito, também desesperados e atordoados, continuam espalhando fake news e atacando covardemente o médico e sua família, tudo isso pra não sair do poder e tentar confundir os eleitores que já estão decididos qual o melhor pra Codó.

Dr. José Francisco em vídeo repudia aos ataques covardes que o atual grupo vem fazendo contra sua pessoa e de sua família.

Dr. José Francisco está livre pra voar, já o prefeito Francisco Nagib, está inelegível não pela justiça, mas pelo POVO.

Dr. Zé Francisco-55, é candidato a prefeito de Codó, sim, vejam

Desesperados, atordoados, e traumatizados e com muito medo do crescimento de Dr. José Francisco, o grupo do império, vendo a situação difícil que o prefeito Francisco Nagib deixou com tanta rejeição, continuam insistindo que o médico está inelegível.

Continua depois da Publicidade

 

DR. JOSÉ FRANCISCO, LIVRE, LEVE E SOLTO 

Documento enviado pelo neurocirurgião, Dr. Mário Braga,  fortíssimo aliado do médico para a redação do Blog Agência Maranhão, prova realmente o desespero divulgado pelo atual grupo em Codó, que ainda continuam sonhando em ver Zé Francisco fora das eleições municipais 2020, vejam o documento:

 

ELEIÇÕES NA ILHA: Ibope aponta liderança de Eduardo Braide na corrida eleitoral de São Luís

Candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos),O candidato do Podemos, Eduardo Braide, está liderança na corrida eleitoral de São Luís, segundo aponta a pesquisa Ibope, que foi divulgada pela TV Mirante durante o jornal Bom Dia Mirante desta segunda-feira (21).

Na sondagem, fora, ouvidas 602 pessoas entre os dias 12 e 14 de setembro deste ano. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o número MA-01425/2020. A margem de erro é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%.

O levantamento mostra que Braide surge em um cenário de primeiro turno com 43%, seguido por Duarte Júnior com 14%. Aparece na terceira colocação o candidato democrata, Neto Evangelista, com 10%.

Na quarta colocação, está Bira do Pindaré, com 5%. Em seguida, está o candidato do PV, Adriano Sarney, com 4%.Carlos Madeira (SD), Jeisael Marx (Rede) e Rubens Júnior (PCdoB) aparecem com 2% das intenções de votos. Franklin Douglas (PSOL) e Dr. Yglésio (PROS) com 1% cada encerram a pesquisa.

8% dos eleitores afirmaram que votariam branco ou nulo. Outros 8% não souberam responder.

O Ibope simulou dois cenários do segundo turno. Na primeira simulação, Eduardo Braide aparece com 63% das intenções de votos contra 25% de Duarte Júnior.

No segundo cenário, o candidato do Podemos aparece com 61% contra 24% de Neto Evangelista, do DEM.

Com Informações de Neto Ferreira

 

Na enquete do blog, a maioria acham que Zito Rolim merece voltar para a prefeitura de Codó

Na enquete lançada pelo Blog Agência Maranhão, para saber dos codoenses se o ex-prefeito merece ou não retornar para a prefeitura de Codó, a maioria dos participantes da enquete acham que o ex-prefeito Zito Rolim merece retornar para prefeitura de Codó. Vejam:

Desculpe, não há enquetes disponíveis no momento.

Em apenas quatro dias no ar, quase mil participantes votaram na enquete, que mostra que mesmo com a alta rejeição do prefeito Francisco Nagib, Zito Rolim ainda é tem força política e ainda pode ser a salvação do grupo do império.

O blog mais uma vez agradece todos que participaram de nossa enquete, muito obrigado e até a próxima.